O Conselho de Patrimônio da capital (Conpresp) determinou que a Prefeitura de S. Paulo retire todas bandeiras da avenida Brasil hasteadas em agosto de 2017 no canteiro central da via.

As bandeiras foram instaladas por meio de uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada.

Segundo o conselho, a instalação foi feita em área tombada.

Bandeira nacional, um patrimônio menor?

O que não se sabe de fato é como as bandeiras estariam prejudicando o tal “patrimônio” (um canteiro gramado) mencionado pelo órgão.


27/06/2018 – 11:41