Partido de Bolsonaro cogita Janaína Paschoal para o governo de SP

Conhecida por ter apresentado o pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o nome da advogada Janaína Paschoal vem sendo ventilado pelo presidente estadual do PSL, deputado Major Olímpio, como opção ao Palácio dos Bandeirantes.

A informação foi inicialmente divulgada na edição de 6 de maio do jornal Folha de S. Paulo.

“Estamos em conversa, sem dúvida”, afirmou o parlamentar. “A Janaína se filiou [ao partido] quase no final do processo de filiação”, explicou. Segundo Major Olímpio, a advogada pediu o mês de março para se defender de processos que viria sofrendo por parte de petistas e de apoiadores do partido do ex-presidente Lula, abertos contra ela em diversas regiões do Brasil. “Ela me falou, major, vamos deixar maio e em junho voltamos à carga para conversar sobre possibilidades políticas”.

A direção nacional da legenda de Jair Bolsonaro, no entanto, nega que haja tratativas com a advogada.

Senado

As pré-candidaturas com maior chance de vingar dentro da legenda em São Paulo hoje seriam a do deputado estadual Major Olímpio e da jornalista Joice Hasselmann, ambos, disputando as duas cadeiras disponíveis no Senado Federal.

Família Real

Outro nome de peso da legenda em São Paulo é a do membro da Família Real, Luis Phillippe de Orléans e Bragança. Bragança, ao que tudo indica, deve concorrer para deputado federal.

+++ Ibope: Datena lidera corrida pelo Senado


14/05/2018