Opinião: Quem são as pessoas que vão ter poderes de decidir o que você NÃO DEVE LER no Facebook?

Quem fará o fact-checking das empresas de fact-checking? OU Quem são as agências que terão poder absoluto na escolha do que deve ser lido ou não no Facebook?

O Facebook acaba de anunciar a recriação do Ministério da Verdade, entidade “oculta” esta que abrigará agências amplamente questionadas quanto aos seus vieses ideológicos, o que de fato pode comprometer a neutralidade da rede e calar vozes discordantes.

De maneira totalitária uma “meia dúzia” de pessoas dentro dessas agências vão definir o que VOCÊ vai ler e o que você NÃO VAI LER. Caberia saber quem são essas pessoas com poderes praticamente divinos, supremos sobre todos usuários da rede de Marck Zuckerberg.

Um artigo publicado nesta semana no jornal paranaense Gazeta do Povo parece bem esclarecedor, ao menos, para se ter uma ideia do que significa tão poucas pessoas terem tantos poderes concentrados em suas mãos.

Recomendamos fortemente a leitura do artigo do escritor Flávio Gordon publicado no jornal Gazeta do Povo:

Recomendamos também uma linha do tempo criada pelo jornalista Marlos Ápyus com acontecimentos que relacionam a grande imprensa, acontecimentos políticos, as agências de fact checking e o Facebook.


OPINIÃO

16/05/2018