O Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a indenizar passageira em R$ 20 mil.

A passageira foi molestada dentro de uma composição próximo da estação Guaianazes, na zona leste da capital. O ato ocorreu em 2014.

A decisão foi tomada pela Terceira Turma do STJ por 4 votos a 1. O advogado da vítima considerou o valor da indenização “irrisório” e disse que irá recorrer.

+++ Concurso para maquinista da CPTM é mais disputado do que prova da Fuvest para medicina


15/05/2018