27/01/2018

O prefeito de São Paulo, João Doria negou neste sábado (27) a possibilidade do PSDB não ter um candidato próprio ao governo do Estado. Declaração vem após articulação da ala do governador e pré-candidato à presidência Geraldo Alckmin em construir um palanque único no Estado, cedendo a cabeça de chapa para o PSB do vice-governador e também possível pré-candidato ao governo, Márcio França.

Para Alckmin, a candidatura de França é “natural” e “legítima” já que o vice deverá assumir o governo em abril, quando Alckmin terá de renunciar para concorrer à Presidência da República.

Durante evento do programa Cidade Linda neste sábado, Doria disse não haver a menor hipótese do PSDB abrir mão da candidatura.

“Como membro do PSDB, eu posso afirmar pessoalmente, como prefeito da cidade de São Paulo, que o PSDB terá candidato ao governo do Estado de São Paulo. Não há a menor hipótese do partido que ocupa o governo há tantos anos abrir mão dessa condição para quem quer que seja, inclusive para pessoas qualificadas como o vice-governador Márcio França.”, disse o prefeito.