Sacolinha de supermercado com propaganda não poderá ser cobrada


18/10/2017

As sacolinhas biodegradáveis  com a marca do supermercado não poderão mais ser vendidas para os clientes. A decisão é do Procon Paulistano, órgão de defesa do consumidor, que entendeu que o consumidor não tem que fazer propaganda do supermercado uma vez que tenha pago pela sacola.

No caso das sacolas plásticas sem propaganda, somente com as instruções de uso, poderão ser cobradas normalmente. A nova norma do Procon Paulistano já foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (17).