18/10/2017

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) autorizou que órgãos fiscalizadores de todo o país possam oferecer cartão de crédito e débito como opção para pagamento de multas de trânsito. Com a decisão, órgãos municipais e estaduais podem oferecer a alternativa para que motoristas quitem débitos à vista ou por meio de parcelamento mensal.

Ao optar pela modalidade, ainda que por meio de parcelamento, o veículo fica imediatamente liberado para licenciamento. Em São Paulo, a prefeitura disse que está realizando estudos para a adequação e ressalta que a medida tem caráter facultativo e não determina prazo para implantação do sistema. O Detran-SP disse que ainda vai analisar a implementação da nova forma de pagamento.