26/10/2017

A agência de classificação de risco Fitch reafirmou o rating de longo prazo e em moeda estrangeira da cidade de São Paulo em BB, com perspectiva negativa. A nota em escala nacional foi reafirmada em AA(bra), com perspectiva estável.

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, 26, a Fitch diz acreditar que São Paulo é capaz de gerar margens operacionais compatíveis com outras cidades, além de afirmar que a nota reflete o fato de que a cidade é a mais rica do Brasil, gerando cerca de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

De acordo com a agência, o município pode recuperar a capacidade de investimento até 2019, visto que “os investimentos em São Paulo diminuíram o equivalente a apenas 3,9% das despesas totais em 2016, também explicadas pelas eleições locais, quando as despesas operacionais geralmente aumentam”.

A Fitch também considera que a liquidez da cidade é “adequada para cumprir suas obrigações”. Já a perspectiva negativa “reflete a perspectiva do rating soberano do Brasil”.

Relacionados