• Durante a ação, três fuzis foram apreendidos
  • Ao todo, foram 900 agentes envolvidos.
  • Ação social começa agora, diz prefeito

Grupos de elite das Polícias Civil e Militar, além de agentes da prefeitura deflagraram hoje (21) uma grande operação policial na região da Cracolândia para combater o tráfico de drogas.MANDADOS DE PRISÃO. Dos 69 mandados de prisão temporária determinados pela Justiça, 28 foram cumpridos, segundo o secretário da Segurança do Estado, Mágino Alves. Os demais foram presos em flagrante. Três fuzis foram apreendidos.

Ação mobilizou tropas de elite das polícias de São Paulo como GER, COE, GARRA e Tropa de Choque, além de agentes municipais.

Também foram cumpridos mais de 70 mandados de busca e apreensão. Entre os presos está um traficante conhecido como FB, apontado como o responsável por abastecer com drogas a região.

O prefeito João Dória visitou a região na manhã de hoje.

A ação, afirmou Doria, faz parte do projeto Redenção. “[A operação] foi feita com muita eficiência, sem vítimas, sem violência. No âmbito medicinal e urbanístico, as ações começam agora – as internações dos que são psicodependentes, o atendimento da população em situação de rua que não é psicodependente e a reurbanização da área”, afirmou.


DE BRAÇOS ABERTOS. Doria disse também, em entrevista, que o projeto De Braços Abertos, da prefeitura anterior, foi finalizado. “Não haverá mais pensão, hotel, nenhum tipo de acomodação desse tipo, como existia anteriormente. Toda a área será reurbanizada, os hotéis serão fechados e a área passará por amplo projeto de reurbanização”.

REDENÇÃO. O projeto Redenção, da gestão Doria, pretende erradicar o tráfico de drogas em oito regiões da cidade conhecidas como Cracolândia. O projeto prevê ações em cinco campos: policial, social, medicinal, urbanística e de zeladoria urbana. As iniciativas, segundo a prefeitura, vão envolver grupos de trabalho que serão coordenados por quatro frentes: governo municipal, governo estadual, governo federal e sociedade civil organizada.


Números da operação: 

(atualizado: 21/05 – 15:22)

  • 69 mandados de prisão
  • 28 traficantes presos
  • Fuzis e outras armas apreendidas
  • Quilos de drogas apreendidas
  • Início das ações sociais, de saúde e urbanísticas
  • 496 Policiais Militares
  • 480 Policiais Civis
  • 4 helicópteros Águia
  • 35 motos
  • 13 veículos pesados
  • 49 cavalos
  • 5 cães farejadores
  • 10 bases móveis 
  • Nenhum ferido identificado

Atualizado: 13:08 – ​Governador apresenta armas e volume de drogas apreendidas durante a ação